[ASSISTI NO SOFÁ] Deus Não Está Morto

Mais uma indicação do Pausa Para Série, para crentes e não crentes em alguma religião. Esse filme estava, também, na minha lista da Netflix. Ouvia e via em muitas redes sociais alguns amigos meus postando que assistiram ao filme e saíram aos prantos quando terminou. 

Bom, não precisou nem chegar na metade, eu já havia chorando o suficiente para um dia. E indico sim assistir esse filme, é gracioso. 



O filme conta a história de Josh (Shane Harper), um estudante de Filosofia, que tem sua fé desafiada pelo professor universitário Mr. Radisson (Kevin Sorbo). Ao entrar na sala de aula, a primeira “tarefa” que o professor deixa aos alunos é escrever em um papel a frase “Deus está morto”.

Deus Não Está Morto (no original em inglês: God's Not Dead) é um filme de drama da indústria cinematográfica cristã. O filme teve um investimento de US$ 2 milhões, e arrecadou mais de US$ 110 milhões, sendo o mais lucrativo filme de 2014. 

Apesar de ter adorado, não é um filme que me fez querer voltar a assistir (ele tem a continuação "Deus Não Está Morto II" - e não me interessou saber sobre o segundo), não por ser um filme religioso, mas sim por que insistem em colocar um ateu como base em uma "não religião" ou uma "não existência de Deus".

Não se chateie comigo, caro leitor, mas eu crendo ou não crendo eu algo, não é certo que eu consiga fazer alguém acreditar também, afinal cada um crê naquilo que lhe convém. Principalmente dentro de uma sala de aula, por algo em prova, humilhar ou tentar exaltar alguma coisa não é certo uma conquista ou de trazer razão.


O filme é ótimo, emociona sim, como eu disse. Mas pode ser que para quem não crê, mas queira ver o que acho difícil, seja apenas mais um filme tentando por algo na cabeça deles, usando o mesmo texto de anos atrás, provas e métodos. 

Volto a repetir, é um filme lindo, mas para alguns apenas "mais um filme religioso". Não seria um filme que poderia mudar a crença de alguém, mas ele com toda certeza aumenta a fé e o amor em Deus.

Hey, antes de sair daqui, tem alguma opinião sobre o filme, chegou a assistir o II? Me conta aí.

0 comentários