Pantera Negra é o melhor filme da Marvel

Fala ai galerinha que navega na net, como estão? Eu estou bem, saudável, apto para exercer quase todas as atividades físicas possíveis e aproveitei que, por alguma razão desconhecida, não fui convidado para o casamento do Whindersson e caminhei ao cinema para assistir ao "Pantera Negra". Que filmaço!


Quem acompanha o Pausa Para Série sabe que eu andava meio de saco cheio dos filmes da Marvel por achar sempre a mesma coisa. Piadas intermináveis, discursos que não agregavam em nada, enfim, os heróis "bonzinhos" me desagradavam.

Eis que chegou a vez de Pantera Negra ir às telonas. Depois de ver mais do mesmo em Doutor Estranho e Thor Ragnarok, fui surpreendido por um dos melhores filmes de herói que já vi. Figura no meu top 3, mole, mole. Tudo funciona no longa. Chegou uma hora que eu nem queria saber mas o que tava acontecendo. Era um personagem falar um "A" e eu já pensava: "Lindo, falou tudo.".

Imagem relacionada

Do personagem principal ao vilão esse é um filme que marca a era dos heróis de forma extremamente positiva. Poucas vezes sai tão satisfeito do cinema como foi com Pantera. O discurso forte do filme é de uma sensatez espetacular. O modo como o filme aborda um tema complicadíssimo como é a segregação racial, é lindo.

Ver os dilemas que os protetores de Wakanda precisam resolver e como a vida real impõe historicamente injustiças provocadas por questões racistas dão ao filme uma humanidade que nenhum outro filme da Marvel passou perto de ter.

Resultado de imagem para lupita pantera negra gif

Existem outras bandeiras levantadas pelo filme. Aliás, várias delas. Os fortes discursos deixa explícito que o roteiro se preocupa em deixar clara a mensagem que o filme tem a intenção de passar.

Para garantir a recepção da mensagem o elenco conta com atores que deram vida a história. Chadwick Boseman, que vive o Pantera Negra, o rei T'Challa, interpretou com um sotaque africano que acabou acompanhando o resto do grupo de atores.

Outro ponto positivo do filme é tratar o país Wakanda como uma nação bem africana. Mostrando diversos rituais, danças, figurino, tudo respeita a origem africana e sai da rotina americanizada das películas Hollywoodianas.

Agora, meus amigos, o que é Michael B. Jordan nesse filme? Que homem! O cara está simplesmente gigante. Uma escolha espetacular para viver o vilão Killmonger.

A origem do personagem é bem feita, assim como o trabalho de personificação. Ele dá medo de tão grande que é. Rouba a cena, é o tipo vilão que nós queremos para todos os filmes.

O núcleo feminino do filme também está muito bem representado. Lupita Nyong'o, Danai Gurira e Letitia Wright abrilhantam a produção com atuações fortes, simbólicas, não são simples escadas para os homens salvarem o mundo, eles fazem parte das cenas mais importantes e dividem bem o tempo de tela.

Enfim, eu gostei muito, muito, muito, muito de Pantera Negra. O único porém é o efeito visual de algumas cenas que não ficarão tão legais e o fato de ter resumido Wakanda a poucos cenários de uma forma geral.

Fui com receio, mas me senti feliz por não ver piadas fora de hora, um roteiro com falas fortes, mensagens importantes e atuações fenomenais.

Pantera Negra é, com sobras, o melhor filme que a Marvel já fez.

Lançamento: 51 de fevereiro de 2018 (2h 15m)
Direção: Ryan Coogler
Gênero: Ficção / Fantasia
 Nacionalidade: EUA
Nota: 🎬 🎬 🎬 🎬 🎬

0 Comentários