A Noite Devorou o Mundo

Olá, esse texto vai para você que já compartilhou uma quantidade incontáveis de memes depois que a Argentina e a Alemanha foram eliminadas da Copa do Mundo. Brincadeira, qualquer pessoa pode ler, mas ainda pode dar uma zoada nesses times, fica a dica.


Essa semana os cinemas receberão a estréia de um filme de terror francês que o Pausa Para Série teve o prazer de conferir de forma antecipada. O longa do qual estou falando é "A Noite Devorou o Mundo" (La Nuit a dévoré le monde). 

Imagine que você sai do trabalho, vai para uma festa no apartamento de uma ex-crush, toma uma pancada no nariz e dorme. Dai quando acorda, o mundo todo virou zumbi. Pois é o que acontece com o protagonista Sam (Anders Danielsen Lie).


A situação hipotética te faz pensar em várias coisas sobre o dia a dia de qualquer pessoa normal. Por exemplo, o que fazer quando nos sentirmos sozinhos no mundo. Quem nunca se sentiu dessa forma? 

Sam então passa a procurar meios de se manter vivo e com a sanidade mental dentro de seu juízo. As situações que ele vai passando, os modos que ele encontra para prolongar a sua estadia no mundo e os relacionamentos que ele estabelece consigo mesmo e com o que o mundo em que ele vive pode proporcionar gera uma serie de lições para quem assiste.


Em diversos momentos durante o tempo de filme você se pega pensando no que faria no lugar do protagonista ou como deve ser viver uma vida inteira sem ter com quem conversar, trocar experiências. No fim das contas você sai do cinema dando mais valor para suas relações pessoais. 

Sam é musico, então, em alguns momentos do filme ele proporciona diversão com instrumentos improvisados com materiais de casa, tornando o filme mais leve, em outros ele desconta toda sua raiva por se ver trancado em um prédio enquanto Paris é dominada por zumbis arregaçando uma bateria que encontra em um dos apartamentos.


Um aviso: não vá ao cinema esperando que seja um daqueles filmes em que os zumbis estão sempre correndo atrás de um cérebro, explosões, carros voadores, esse filme francês segue a linha européia. A linguagem aqui é outra, assim como o foco. 

Você não vai ver uma discussão sobre cura, não de forma direta, ou sobre como as pessoas se transformaram em zumbis ou se Sam teria alguma coisa que o tornasse imune. O interesse aqui é outro, e convenhamos que filmes americanizados sobre os mortos-vivos já temos aos montes.

Vale a pena dar uma chance para A Noite Devorou o Mundo. Nãé um filme de terror comum e faz algumas criticas que abrem nossa mente. O filme vai estrear no dia 5, um dia que não terá Copa do Mundo, mais um motivo para ir assistir. 


Lançamento: 5 de julho de 2018 (1h31)
Direção: Dominque Rocher 
Gênero: Terror
Nacionalidade: França
Nota: 🎬 🎬 🎬 

0 Comentários